top of page
.jpg

Indicada ao Prêmio PIPA 2023

Co-fundadora do Duo Paisagens Móveis

Membro WomenPhotograph

Membro Mulheres Luz

Maria Vaz é artista visual e pesquisadora, doutoranda e mestra em artes visuais pela EBA/UFMG. Em seus trabalhos trata das relações entre memória, esquecimento, território e imaginário, através de fabulações críticas e poéticas, interseções entre imagem e palavra e o uso de arquivos públicos e privados. Foi indicada ao Prêmio PIPA 2023, contemplada pelo XVI Prêmio Funarte Marc Ferrez de fotografia, selecionada pelo 9º Prêmio Nacional de Fotografia Pierre Verger e o 10º Prêmio Diário Contemporâneo de Fotografia e participou de diversas exposições no Brasil e no exterior. Em 2023 foi premiada com a publicação do fotolivro "Ilustríssimos", pela editora Porto de Cultura.

Com o duo Paisagens Móveis, em parceria com Bárbara Lissa, - com foco em temáticas que envolvem meio ambiente e ecocrítica -, realizou a exposição “Quando o tempo dura uma tonelada”, parte do ciclo de mostras individuais do BDMG Cultural 2022, publicou os fotolivros “Três Momentos de um Rio”, pela Lei Municipal de Incentivo à Cultura de Belo Horizonte e "Óris" pela editora Selo Turvo. Também com o duo foi selecionada pelo 8º Prêmio Nacional de Fotografia Pierre Verger.

FORMAÇÃO ACADÊMICA

 

2023: Doutorado em Artes Visuais. EBA/UFMG.

2021: Mestrado em Artes Visuais. EBA/UFMG.

2019: Bacharelado em Artes Plásticas-Fotografia.​ Escola Guignard/UEMG.

 

PRÊMIOS

2023: Selecionada pelo 9º Prêmio Nacional de Fotografia Pierre Verger, Salvador, BA.

2023: Prêmio Photothings – publicação de fotolivro.
2023: Finalista no prêmio Imaginária para publicação de fotolivro, com o fotolivro Quem constrói as casas.
2021: XVI Prê
mio Funarte Marc Ferrez de Fotografia.
2021: Selecionada pelo 8º Prêmio Nacional de Fotografia Pierre Verger, Salvador, BA.

2021: Finalista no Prêmio Imaginária para publicação de fotolivros com o fotolivro Quem constrói as casas.
2021: Finalista no prêmio Foto em Pauta para publicação de fotolivro, com o fotolivro Quem constrói as casas.

2021: Prêmio Memorial Minas Vale.
2020: Premiação Cultural, Aldir Blanc - SECULT/BH.
2020: Bolsa para coletivos em Artes Visuais, Aldir Blanc - SECULT/MG.
2020: Arte Salva - SECULT/MG.
2020: Bolsa de fomento à arte/ UFMG.
2020: Finalista no prêmio Foto em Pauta para publicação de fotolivro, com o fotolivro Óris.
2019: Edital Gentileza - Prefeitura de Belo Horizonte, com o duo Paisagens Móveis.


EXPOSIÇÕES INDIVIDUAIS

2023: Peabiru e o Adeus do Marujo. ADRO Cultural. São João del Rei, MG. 

2022: Três Ranchos: mas allá del fin del mundo. Centre Cultural La Bòbila. Barcelona, SPA.

2022: Quando o tempo dura uma tonelada. Ciclo de Mostras BDMG. Belo Horizonte, MG.


EXPOSIÇÕES COLETIVAS

2023: Não sou idêntica a mim mesma. Mulheres artistas no acervo do BDMG Cultural. Curadoria: Rita Lages. Belo Horizonte, MG. 

2023: 9º Prêmio Nacional de Fotografia Pierre Verger. Museu da Bahia. Salvador, BA. 

2023: 27º Salão Anapolino de Arte. Anápolis, GO.

2023: Cosmopolíticas - Museu Dona Beja. Araxá, MG. 

2023: Photothings. São Paulo, SP.

2023: Cosmopolíticas - FotoRio. Centro Cultural Justiça Federal. Rio de Janeiro, RJ. 

2022: Cosmopolíticas - Festival SOLAR. Pinacoteca do Ceará. Fortaleza, CE. 

2022: FAC - Festival Audiovisual de Cultura de Minas Gerais. 

2022: Cosmopolíticas, Câmera Sete (Fundação Clóvis Salgado). Belo Horizonte, MG.
2022: Cosmopolíticas, Foto em Pauta. Tiradentes, MG.

2022: Da Terra à Terra - Gaia - Unicamp. Campinas, SP.
2022: Pequeno Encontro da Fotografia. Olinda, PE.

2022: PRESENÇA. Curadoria: Mônica Maia. Tiradentes, MG.
2022: Exposição Flesh and Stone: some graphic artwork fro
m Belo Horizonte (Brazil), em Facultatea de Arte şi Design | Universitatea de Vest din Timisoara. Romênia | Curadoria Rita Lages.

2021: Pêndulo Cultural. Belo Horizonte, MG. 

2021: PRESENÇA. Curadoria: Mônica Maia. São Paulo, SP.

2021: 8º Prêmio Pierre Verger de fotografia. Palacete das Artes. Salvador, BA.

2021: Memorial Minas Gerais Vale. Belo Horizonte, MG.

2021: 1º Salão Nacional de Arte Fotográfica – Rio de Janeiro, RJ. 

2021: Encontros Visuais: Na Esquina do Brasil com o duo Paisagens Móveis. Natal, RN. 

2021: Exposição virtual Três Momentos de um Rio - financiada pela lei Aldir Blanc, MG

2021: Exposição virtual Retratos do Isolamento - financiada pelo edital Arte Salva, MG

2020: Mostra Universidade Cidade. Universidade Federal de Minas Gerais. Belo Horizonte, MG. 

2020: Mostra 2055. Universidade Federal do Recôncavo da Bahia. Cruz das Almas, BA.

2020: Por dentro de um tempo suspenso: Prelúdio. 10º Festival de Fotografia de Tiradentes: Foto em Pauta. Edição online. 

2020: Festival RETRARTE, na mostra [RE]DESCOBRINDO/ categoria autoral, como duo Paisagens Móveis. Vassouras, RJ. 

2020: 1ª mostra Córregos Vivos – Histórias Locais. Belo Horizonte, Brasil. 

2020: Pequeno Encontro da Fotografia. Olinda, Pernambuco. 

2020: 2ª edição Inverno Estelar. Belo Horizonte, Brasil.  

2020: 45° SARP - Salão de Arte de Ribeirão Preto Nacional-Contemporâneo com o duo Paisagens Móveis. Ribeirão Preto, Brasil.  

2020: Violência contra a mulher: uma selfie impossível? - Laboratório de Curadoria de Exposições Bisi Silva com o duo Paisagens Móveis.
2020: Foto em Pauta: Exposição coletiva Construção de Identidades, com o duo Paisagens Móveis. Tiradentes, Brasil.

2020: Arte Londrina: Por onde escoa o azul, video arte com o duo Paisagens Móveis. Londrina, Brasil.

2019: Prêmio Diário Contemporâneo de Fotografia. Belém do Pará, Brasil.

2019: Memórias do Sobradinho. Diamantina, Brasil.

2019: PANORAMA 5a edição com o duo Paisagens Móveis. Belo Horizonte, Brasil.  

2018: JUNTA: bazar de arte contemporânea, 5a edição com o duo Paisagens Móveis. Galpão Paraíso, Belo Horizonte, Brasil.

2018: Co-Fluir - Exposição de publicações do festival Co-fluir. Belo Horizonte, Brasil.

2017: Mostra de portfólios com o duo Paisagens Móveis. Festival de fotografia Foto em Pauta. Tiradentes, Brasil.

2017: Apresentação performática com o coletivo ManusFestus. Museu Inimá de Paula, Belo Horizonte, Brasil. 

2017: Exposição do trabalho Três Ranchos na cidade de Três Ranchos (GO), Brasil.

2017: Três Ranchos - Espaço VÃO. Belo Horizonte, Brasil.

2015: Exposição no espaço Benfeitoria com o coletivo Zona, Belo Horizonte, Brasil.

2015: Mostra Interna - Escola Guignard. Belo Horizonte, Brasil.  

2014: Espaço 104. Belo Horizonte, Brasil.  

RESIDÊNCIAS ARTÍSTICAS

2023: Adro Cultural – Permanência Transitória. São João Del-Rei, MG.
2022: Residência Instituto de Arte Contemporânea de Ouro Preto, MG.
2020: Córregos Vivos. Belo Horizonte, MG.

2019: Memórias do Sobradinho, Encontros de Inverno, com o coletivo Paisagens Móveis. Diamantina, MG. Brasil

2017: Residência artística Manus Festus realizada na Cave de Plutão/BH 

OBRAS EM ACERVO
 

- Salão de Artes Visuais da Bahia – FUNCEB.

- BDMG Cultural

- Coleção DCF - Diário Contemporâneo de Fotografia. Museu da Universidade Federal do Pará

 

PARTICIPAÇÃO EM FEIRAS E EVENTOS

 

2023: Foto em Pauta. Bate-papo com duo Paisagens Móveis. Cine Santa Tereza - Belo Horizonte, MG.

2023: Fesrtival Imaginária - Lançamentos dos fotolivros Óris e Ilustríssimos. São Paulo, SP.

2022: O artista pesquisador - convite para fala e apresentação de trabalho com o duo Paisagens Móveis.
2021: Imaginário das imagens técnicas: a invenção da paisagem. Paisagens Móveis: Fotografia, percursos e imaginários. SENAC.

2021: Festival de fotografia de Paranapiacaba – convite para fala e apresentação de trabalho

2021: Mulheres Luz – Conversas Visuais: apresentação do trabalho Memorial de Fachadas

2021: Feira de fotolivros do I Festival Imaginária, realizado pela Lovelyhouse, com o livro Três Momentos de um Rio

2021: "Por que o arquivo" - Conversa entre o duo Paisagens Móveis e .:Grão, pelo Círculo da Imagem - programação do Festival Imaginária


PUBLICAÇÕES

2023: Fotolivro Óris. Editora Selo Turvo. ISBN: 978-65-999239-3-7.

2023: Fotolivro Ilustríssimos. Editora Photothings. ISBN: 978-65-85769-00-6.
2021: Fotolivro Três Momentos de um Rio. Financiado pela Lei Municipal de Incentivo à Cultura de Belo

Horizonte. ISBN: 978-65-00143-83-6.
2018: TrÊs Momentos de um Rio. Revista Sagarana, Belo Horizonte, p. 68 - 73, 01 maio. 2015: Revista Tangerine. 4a edição.

bottom of page